24 de ago de 2012

Otaku: Gakkou no Kaidan

Retornando, enfim! Depois de longo período de ausência injustificável (que nem sei ao menos porquê ocorreu), eu volto. Logo, para não perder tempo, iremos ao post!

Sendo um anime antigo de 2000 e um mangá de 1990, trago à vocês Gakkou no Kaidan, significando livremente "Histórias de Fantasmas".

A mãe de Satsuki Miyanoshita morreu recentemente, trazendo a garota, seu pai e seu irmão Keiichirou de volta a cidade natal dela. Kayako, a mãe, estudava antigamente numa velha escola, agora inutilizada, já que outra nova fora construída. É nessa nova escola que Satsuki e seu irmão irão estudar, conhecendo novos amigos e se enturmando. 


O porém, é que a antiga escola esconde lendas. Sempre há o boato de um caso de fantasma ali, uma misteriosa morte lá e um caso sombrio acolá. O surpreendente é que essas histórias podem ser realmente verdade, trazendo Satsuki a momentos tensos e fazendo-a apelar para o antigo diário de sua mãe, que estranhamente, possui instruções para abater vários tipos de assombrações locais! 



Em cada episódio de Gakkou no Kaidan é mostrado um fantasma, como no caso do episódio do Papel Vermelho ou Papel Azul (escolha vermelho e sangue irá correr pelas paredes, diga azul e o fantasma irá te enforcar que você vai ficar azulado), O Motoqueiro Sem Cabeça, A Boneca Enfeitiçada, Amanojaku, um demônio realmente pavoroso, e etc. Siga ao momentos de pânico dos amigos, e veja se consegue descobrir as pistas secretas que são reveladas durante o episódio.


Gakkou no Kaidan é antes de tudo um anime destinado à crianças, que por si não tem um enredo muito forte ou sustos realmente tensos. Porém, é bom de se ver (desde que assista legendado, por favor! Tive o desprazer de ver dublado e mesmo que assim seja mais fácil de entender, não aconselho não) e engraçado. Bom, tive uns quase ataques cardíacos em algumas horas, e aconselho para quem gosta de cultura japonesa e de paranormalidade (quem sabe já não ouviu falar de algum fantasma citado ou ouviu história real parecida?) O anime possui 20 episódios de uns 23 minutos de duração, e quando você começa a se interessar pela história, infelizmente ela acaba rápido. Terminei-o de ver ontem (e chorei bocados por uma cena) e realmente recomendo-o!

Curiosidade: Há um episódio de Gakkou no Kaidan produzido no Japão, mas perdido. Sua exibição foi proibida após ter sido lançado em seu país, por queixas pessoais. Ao contrário do que se fala por aí, não é um suposto episódio 21, mas sim o 3 ou 4. Atashi Kirei (Eu sou bonita?) é seu nome, e a causa de sua banição foi "preconceito". Segue abaixo só o que resta do episódio, um trailer.

10 comentários:

  1. Que legal! Rs. Não sou de assistir muitos animes, mas esse é interessante. E que tensa a história do episódio banido... AUSHAU
    beijos!
    the-mandie.blogspot.com
    vitaminadepimenta.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Amei este anime. Não sou muito fã de animes, mas este parece ser muito fantástico! Bela dica!

    Beijos,
    www.thingsofadreamer.com

    ResponderExcluir
  3. VEEEEEEEEEEEEEEEI EU QUERO VER ESSE ANIME U.U (deve ser menos pavoroso do que another e.e)

    ResponderExcluir
  4. Confesso que esse vídeo no fina me deu medo, quer oque eu tava assistindo ele ja era 2 da madrugada e.e

    ResponderExcluir
  5. Acho que o vídeo, me deu um pouco de medo, mas achei a história incrível!

    Acesso Permitido

    ResponderExcluir
  6. que foooooooooooooooooooooda cara

    ResponderExcluir
  7. lembrei de Kaidan Restaurante (acho que era esse o nome). primeira vez qeu ouço falar desse....

    ResponderExcluir
  8. Gostei do anime. Não sou fã, mas leio alguns.
    beijo

    Marina Alessandra do blog Pelos Dezoito
    @maaryale

    ResponderExcluir
  9. Anime são o máximo, e esse parece ser bem interessante, e diga ai até um desenho sofre preconceito

    kelly-club.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Acho lindo anime,se bem que nunca foi aquela de ficar assistindo sempre! mas meus bonecos quando desenho são sempre no estilo mangá! rs

    http://conectadas2.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir