27 de set de 2012

Ventania.

     


     Estavam deitados no sofá, juntos, de mãos dadas. Lílian tinha acabado de lavar o cabelo e o vento batia fazendo pingos de água cair no pequeno tapete da sala. Tiago estava relaxando, depois de um árduo dia no trabalho, nada melhor que ficar perto de sua amada esposa. Eles não diziam nada, ficavam em silêncio, um acariciando a mão do outro. Às vezes eles faziam isso. Era reconfortante saber que tinham com quem estar.
     O vento batia na janela vindo da montanha, forte e constante. As cortinas se moviam como e estivessem dançando. A força do vento aumentava cada vez mais fazendo Lílian perceber algo diferente no ar, seu sexto sentido nunca falhava. Ela se levanta, deixando Tiago no sofá, quase adormecido. Se dirige à raque e liga a televisão em um som baixo, para não acordar seu marido. A previsão do tempo estava indicando um furacão vindo em direção à cidade. Lílian ficou arrepiada, ela nunca teve um pressentimento tão ruim quanto essa notícia trouxera.
     O ar começou a ficar frio, e Lílian, olhando a janela da sala viu as nuvens já formando o furacão. Suas pernas congelaram e sua voz não saia. Num súbito momento ela grita Tiago. Ele levanta do sofá e vê o telejornal, juntamente com  espanto de sua esposa. Tiago corre para a chave do carro. O medo invadindo seu peito, que normalmente fica cheio de coragem. Puxa sua esposa a levando para dentro do enorme carro preto. Todos na rua estavam desesperados.
     Tiago olha para trás e vê pessoas correndo para todos os lados. Ele observa sua querida esposa, os olhos claros de Lili estavam desesperados, não pensando mais um segundo a manda dirigir para a cidade mais próxima, longe de onde o furacão estava. Lílian é tomada pelo medo de perder seu marido, mas ele dizia o tempo todo: "Eu vou ficar bem!". Assim, ela acelera o carro olhando para trás e vendo seu marido ajudando aos outros. Se enche de orgulho, e saudade antecipada.
     Três dias se passaram. Três longos dias. Lílian estava na casa de sua mãe, rezando para seu marido aparecer, como tinha feito durante os últimos dias. A campainha toca. O coração dispara. Lílian abre a porta, e um luminoso sorriso aparece em seus lábios.





Oiiiiiii gente, o que acharam??? Eu adoro essa minha redação, foi o melhor conto (pra mim) que eu escrevi!!! Tomara que vcs tb achem isso!!! Bom: Comentem & Beijos.



5 comentários:

  1. Sei lá, me lembrei de Harry Potter HEUEHUEHE. Pelo menos esse Tiago saiu vivo, e aquele James não. Ótimo conto :)

    ResponderExcluir
  2. kkkkk, acho que é por causa do nome do casal, sei lá, é um dos meus casais favoritos, aí escolhi esse nome!!!!

    ResponderExcluir
  3. Tambem me lembrei do HP HASUSAHUAS

    ResponderExcluir
  4. Ficou ótimo Juh, ansioso para o proximo

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir